CERVEJA COM BAIXO TEOR ALCOÓLICO

A amostra obtida da mistura extraída a frio produz um mosto que parece ter uma
quantidade desproporcionalmente grande de proteínas que são responsáveis
pela boa retenção de espuma e sensação na boca. Empregar um método de
extração a frio para uma receita de gravidade padrão de 1.050 resultará em uma
cerveja de 1 a 1,5% ABV com sensação na boca cheia e boa retenção de
espuma.
Ao formular cerveja de baixo teor alcoólico por este método deve-se considerar
que há pouca doçura devido ao baixo teor residual de dextrina, e que será
necessário diminuir o nível de amargor do lúpulo para alcançar o equilíbrio. Esse
tipo de cerveja deve ser consumido bem gelada.
A extração a frio pode ser usada para conferir grandes quantidades de
características de malte especiais sem aumentar a gravidade final da amostra
ou conferir polissacarídeos viscosos não amiláceos (como β – glucanos).
Ao formular cervejas fortes ou secas com extração a frio, considere que você
capturará quase toda a cor e sabor dos maltes especiais torrados com caramelo
com uma fração da gravidade, isso permitirá inclusões adicionais de adjuntos ou
malte de alta atenuação para compor para a gravidade ausente, resultando em
uma percepção “mais limpa” do secador.  https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/bebidas/como-gelar-cerveja-rapido-metodos-pressa/

Leave a Reply

Your email address will not be published.